O Regime Público de Capitalização compreende duas fases distintas:

  • Acumulação: fase durante a qual o aderente vai acumulando capital na sua conta individual, à medida das entregas que faz e de acordo com valorização desse dinheiro;
  • Utilização: fase em que, terminada a acumulação, o (agora) beneficiário poderá optar, entre outros, pela aquisição de um complemento mensal vitalício;

Muito embora, quer o capital acumulado, quer o valor da renda vitalícia, dependam de fatores que, antecipadamente, não são conhecidos, são disponibilizadas ferramentas de simulação que, de acordo com um pequeno conjunto de pressupostos, permitem ao aderente / beneficiário ter uma ideia aproximada daqueles valores.

Chamamos, no entanto, a atenção para o seguinte:

  • Os resultados da simulação são fortemente condicionados pelos pressupostos assumidos, pelo que os seus valores devem ser inseridos de forma criteriosa;
  • Rentabilidades passadas não constituem garantia de rentabilidades futuras.

Para qualquer informação adicional, por favor, contacte a Linha Segurança Social:

 

ESTIMATIVA DO CAPITAL ACUMULADO
 €
 %
 
 %
 €
RENDA MENSAL ESTIMADA
 
 
 
 %
 %
 €
* Este complemento será anualmente actualizado nos termos do nº 2 do artº 12º do regulamento de gestão do Fundo dos Certificados de Reforma.