«Voltar

Apoio Extraordinário para as Famílias mais Vulneráveis

Apoio Extraordinário para as Famílias mais Vulneráveis

Pago em julho e agosto de 2022

Apoio Extraordinário para as Famílias mais Vulneráveis

Mantendo-se a necessidade de apoiar as famílias mais vulneráveis, face ao aumento do preço dos bens alimentares de primeira necessidade, nos meses de julho e agosto a Segurança Social vai fazer um novo pagamento do apoio de 60€ às famílias mais vulneráveis.

No final do mês de julho, é pago às famílias residentes em Portugal que sejam beneficiárias da tarifa social de eletricidade (TSEE), por referência ao mês de junho de 2022, com base na informação da Direção-Geral de Energia e Geologia,.

 

No final do mês de agosto, é pago às famílias que não sejam beneficiárias da TSEE mas em que pelo menos um dos membros do agregado familiar seja beneficiário de uma das prestações sociais mínimas previstas ou em que uma das crianças seja titular de abono de família do 1.º ou 2.º escalão, por referência ao mês de junho de 2022, e em que o apuramento do rendimento de referência do respetivo agregado corresponde a situação de pobreza extrema.

 

São consideradas prestações sociais mínimas o complemento solidário para idosos, o  rendimento social de inserção, a pensão social de invalidez do regime especial de proteção na invalidez, o complemento da prestação social para a inclusão, a pensão social de velhice e o subsídio social de desemprego.

 

O pagamento do apoio é automático e, preferencialmente, por transferência bancária.

 

O pagamento por transferência bancária é mais rápido e mais seguro.

 

Verifique os dados da sua Conta Bancária através da Segurança Social Direta.

 

Se ainda não tem o seu IBAN registado, deve registá-lo no menu “Perfil”, opção “Conta bancária”. Aceda aqui.

 

Para informação sobre a tarifa social de energia deve aceder à página da Direção-Geral de Energia e Geologia


Contactos

Morada
Avenida 5 de Outubro, n.º 175

1069-451 Lisboa
ver mapa